Luxo + simplicidade + moda = ERES

Criada em 1968, a marca ERES começou com beachwear; na época, a estilista Irène Leroux distinguia-se por criar peças surpreendentes e um tanto quanto contraditórias: elegantes e modernas, sóbrias e sofisticadas.

Primeira loja ERES na Praça da Madeleine em Paris

Além disso, vendia suas coleções o ano inteiro, ao contrário de suas concorrentes que só apresentavam moda praia durante o verão. Passaram-se décadas e, em 1996, a maison Chanel comprou a ERES, mantendo a linha moda-praia e lançando, dois anos depois, a linha de lingerie da marca.

O sucesso foi imediato. Até então, não havia na França – e meninas, a França é o verdadeiro paraíso para comprar lingerie – ninguém que propusesse o que a ERES colocava no mercado. Até hoje as coleções da ERES traduzem um conceito de luxo sóbrio. Nada, ou quase nada, de estampas, apliques, bling-bling. O valor agregado está nos tecidos, no uso da mais fina renda de Calais, nos cortes precisos que favorecem o contorno do corpo feminino. É uma marca para público burguês tradicional. A mulher ERES é chique, tem uma sensualidade contida, sinônimo de refinamento e delicadeza. Os produtos ERES não têm nada que ver com um Victoria’s Secret, Aubade ou Wonderbra. Quem usa ERES não busca um símbolo reconhecível, um conjunto ERES é quase um segredo. São poucas as amigas que saberão reconhecer que o seu sutiã é ERES, mas aquelas que sabem, darão o justo valor.

Hoje quem faz o estilo da ERES não é mais Irène, é Valérie Delafosse. Aliás recentemente, Karl Lagerfeld, estilista das marcas Chanel e Fendi, também contribuiu para a campanha 2010 da marca. A idéia de Karl foi vestir Emily Didonato com looks Chanel e fotografá-la uma segunda vez, nas mesmas poses, apenas com roupas de baixo. O ensaio fotográfico rendeu um book enviado apenas aos clientes ERES e um aplicativo web divertido plugado no site da marca ou acessível diretamente neste link.

Basta passar o mouse sobre as fotos da top para descobrir que conjunto ERES ela esconde; um pouco como aquelas antigas canetas de pin-up. Click a modelo, está de roupa. Click, ela está de cinta-liga.

Quando pequena, ainda no colégio, lembro que essas canetas faziam o maior sucesso com os meninos. Resta saber com quem a brincadeira de Karl fará mais sucesso: conosco ou com eles.

3 Respostas to “Luxo + simplicidade + moda = ERES”

  1. effortlessly much like your web page however, you must look into the punctuational for numerous of your respective content. Many are generally rife with punctuational difficulties and I to locate this quite bothersome to express to the certainty on the other hand I will undoubtedly are available once again again.

  2. Carol Leite Says:

    Haiii, agora eu posso chorar??
    tadinha de mim… minha cara essa marca, mas… estou looonge de poder ir á paris compra-lá..
    vou anotar no meu caderninho de sonho de Mulher!!!
    *__*

  3. DoktorEld Says:

    Ah, as canetas pin-up… =)

    Não conhecia essa marca, e achei interessante a proposta da “sensualidade contida”. As peças das fotos com a modelo loira para mim realmente passam esse conceito, são bonitas levemente sensuais (adoro sutiã com bastante transparência, como o de renda cinza da foto). Creio que esse estilo de lingerie da Eres acaba sendo um dos mais sedutores, pois foca no corpo da mulher que está usando, deixando partes do corpos mais destacadas (ou mesmo mais escondidas) deixando aquela sensação para nós homens de “está ótimo o que estou vendo, e quero ver mais”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: