Archive for the Resenhas Category

Lingerie HI-LO

Posted in Resenhas with tags , , , , , , , , , on 04/08/2010 by Nana en Lingerie

Pra quem nunca ouviu falar sobre moda hi-lo, trata-se da tendência fashion mais democrática dos últimos tempos. Quem segue a nova onda, mistura peças de HIGH FASHION (design de última moda, criações assinadas por estilistas famosos, etiquetadas por marcas de luxo…) com peças LOW (sem nome, vintage, ou saídas de lojas de departamento como Zara ou C&A).

Em teoria, a idéia é incrível. Parte do principio de que estar bem vestida não requer logos em todo lugar. Mas, às vezes, o tiro sai pela culatra. Várias celebs nacionais e internacionais adotaram a tendência e informam jornalistas a torto e a direito sobre o novo look que acabam de montar: “jeans barato e incrível par de sapatos Louboutin”, “vestidinho vintage e bolsa couro de avestruz da Louis Vuitton”, “shorts usado e blusinha última coleção da Channel”. Só uma nova forma de aparecer na Caras.

Também não acredito que a tendência diminua o mercado das marcas de luxo. Quando uma estrela comunica sobre o look que está usado, pode dizer que combinou Louboutin com Vuitton e Chanel. Desta forma, faz propaganda para três marcas. Agora, quando a mesma estrela diz que não lembra aonde conseguiu o jeans deslavado, mas que seus sapatos são Louboutin, está destacando uma marca única. Sua mensagem fica mais simples, mais direta e mais intensa.

No mundo das lingeries, é sempre mais difícil realçar um produto. Quem é que, num tapete vermelho, nomeia a marca do sutiã? Claro que a tendência de “lingerie as outerwear”, fez com que algumas celebridades comentem sobre suas marcas favoritas. Também já encontramos marcas, como a Calvin Klein ou Forum, que enchem seus conjuntos de logos. Mas é raro.

No que me diz respeito, em matéria de lingerie, é o gosto pessoal que deve sobressair. Nada de regras e tendências fashion ditando o que pode ou não pode, o must have da estação ou aquilo que deve ser guardado no fundo do armário. Quando tratamos de lingerie, só você pode saber se um conselho xis faz sentido. Se não fizer, ignore por completo.

Por exemplo, eu não uso apenas conjuntinhos pareados. Não é raro encontrar uma peça única que me encante. Ainda que não ache a calcinha ou o sutiã para formar o conjunto, compro. E foi justamente isso que fiz esse final-de-semana.

Achei um sutiã La Perla com um desconto imperdível, de 750,00 reais por 225,00 reais. Um sutiã La Perla por 225,00 reais??????? Aonde já se viu? E com caimento perfeito????? Só faltava a calcinha no tamanho certo. Era pedir demais. Comprei só o sutiã. Quando cheguei em casa, abri as minhas gavetas (sim, agora já são duas!) e, TCHAN-TCHAN, montei um look hi-lo! A calcinha saiu da Loungerie por 20,00 reais; o conjunto, no total, ficou por 255,00 reais. Mas sinto como se estivesse vestindo um milhão de dólares.

Nesse caso, dou meu braço a torcer: VIVA A MODA HI-LO!


Victoria’s Secret e a prova do tempo

Posted in Resenhas with tags , , , , on 18/05/2010 by Nana en Lingerie

Há muito tempo, a Beka me pediu pra escrever uma resenha sobre os produtos da Victoria’s Secret (mas vale tarde que nunca…? :*). Só consegui porque a Lika topou me emprestar as peças que comprou há dois anos nos USA. Brigada, Lilica!

A Victoria’s tem várias linhas de lingerie. De modelitos descolados até conjuntos cheios de frufru.

A linha PINK aposta em conforto e diversão. Segundo a Lika, são peças super confortáveis, especialmente para quem tem coxas grossas e procura calcinhas que não apertam. A grande sacada do modelo acima é que não tem elástico nas pernas. O algodão tem um pouco de stretch – apenas o suficiente – e o elástico da cintura é bem flexível. Uma ótima peça para dormir, diz ela. E, como podem notar, para uma calcinha que vai-e-volta na máquina de lavar, os corações em glitter continuam firme e forte.

Já os modelos da linha Sexy Little Things deixam, no meu entender, um pouco a desejar. O design é bonitinho; adoro esse elástico que franze atrás, deixando o bumbum bem redondinho! Mas o tecido e o acabamento não estão à altura de uma marca internacionalmente conhecida. A asa delta rosa – lavada à mão – já tem fios soltos e furinhos aqui e ali. Para quem coloca nas passarelas “Angels” – time de modelos que desfila para a Victorias’s Secret, incluindo Adriana Lima, Heidi Klum e até há algum tempo Tyra Banks e Gisele – esperava um pouco mais de investimento no produto.

É certo que os preços da Victoria’s Secret, considerando o mercado americano, não são muuuuuito altos (http://www.victoriassecret.com/). O produto não é de todo ruim, as peças são legais. Se me dessem de presente, ficaria feliz sim! Como sou colecionadora, não deixarei de comprar alguma coisinha nas lojas de duty free recentemente abertas. Mas não sei se posso dizer que é o melhor investimento. Na verdade, o ponto final da resenha é simples: cabe a cada uma avaliar a relação qualidade/preço/conforto/design; é questão de bolso e gosto.

Como deixar tudo em cima

Posted in Resenhas with tags , , , , on 27/04/2010 by Nana en Lingerie

Lembra aquelas crenças populares que ninguém sabe ao certo de onde vêm, se têm ou não fundamento, mas que muita gente segue por via das dúvidas? Uma delas é que azul não combina com preto. De onde tiraram tal afirmação, não sei. Mas fato é que, depois desse conjunto Jogê (coleção 2010, modelo disponível em qualquer loja da marca), não me sobra mais dúvidas. Azul e preto, pelo menos em mim, ficam ótimos.

Além das cores, outro ponto positivo é o molde do sutiã. Como todo push-up o objetivo é erguer e aproximar os seios para criar um decote mais bonito. No caso desse conjunto, a forma da bolha ajuda, e muito. O enchimento fica só embaixo do seio, ou seja levanta sem adicionar muito volume, moldando o seio para que fique bem redondinho. Também acertaram na altura e na profundidade da taça. Não é raro que algumas mulheres comprem sutiãs com taças rasas ou justas demais. O resultado é um recorte horrível sob o contorno natural do corpo e um excesso de busto quase transbordando do sutiã. A taça tem que sustentar pelo menos toda a base do seio, sem apertar ou deixar folgas. Aqui, até nessa minha foto amadora, dá para notar que o sutiã vestiu o manequim direitinho. O detalhe externo da renda franzidinha é outro truque que alimenta a ilusão de maior volume. Quanto à calcinha, o tecido é gostoso, levemente transparente; e os elos de ajuste são de plástico para a felicidade das alérgicas a metais.

Enfim, se estiverem procurando um conjunto para valorizar o decote, sem muito enchimento, nas cores azul e preta, porque nem tudo que é popular é sábio, dêem um pulo na Jogê. Vale a pena experimentar.

Faltava às Amazonas um bom sutiã esportivo

Posted in Papo Calcinha, Resenhas with tags , , , , , , , , on 06/04/2010 by Nana en Lingerie

Eu moro em Sampa há anos, mas ainda me surpreendo.  Esse fds fui com uns amigos ao Willi Willie Bar Arquería, em Moema, onde presenciei uma situação cômica e um tanto quanto dolorosa.

Como diz o nome, além de uma cerveja, e um som ao vivo cover classical rock (que para ser honesta, é bastante mediano), o bar tem um espaço de tiro ao alvo com arco e flecha. Cheguei e fui logo fazer a filinha pra atirar. Sim é bem divertido e rola uma adrenalina legal depois que você pega o jeito. Mas já vou avisando:

1 – Não é tão fácil quanto parece,

2 – Melhor escutar as instruções.

Minha amiga, que ficou de paquerinha com um cara, perdeu uma parte crucial das dicas “deixe os braços flexionados e não aproxime demais o arco do tronco”. Pra que? Saiu com o braço vermelho, e um beliscão na lateral do peito.

Foi aí que lembrei das Amazonas, e concluí que esse fetiche masculino só existe porque os homens não conhecem bem a lenda. Diz que as Amazonas tinham um único seio, ou porque usavam tecidos bem justos para atrofiar o seio direito, ou porque literalmente praticavam auto-mutilação. Faziam isto para que o seio não atrapalhasse na hora de puxar a corda do arco.

Aliás, todas nós sabemos que na hora de praticar esportes, peito, às vezes, atrapalha. Sem falar dos descarados que não tiram os olhos do sobe-e-desce enquanto ralamos no estepe. Felizmente, hoje em dia, as marcas estão fabricando sutiãs com mais suporte, ideais para suar a camiseta na academia, ou para quem, como a minha amiga, pretende atirar flechas para todos os lados.

A Hope, por exemplo, tem um ótimo modelo para praticar esportes de impacto. As alças e laterais são largas, garantindo suporte até para as mais bem decotadas. O fecho também é, na minha opinião, de grande utilidade. Na maioria dos casos sutiãs esportivos não têm fecho, ora depois de uma boa hora malhando, ninguém quer ficar ofegante, suada e lutando para tirar o bendito sutiã.

O top Response da Adidas é outra boa opção. Além de boa sustentação graças às costas tipo nadador, o modelo é feito com tecido “climate” e telas furadinhas na frente e atrás. Absorve melhor o calor e não deixa manchas amareladas de suor. Como a Adidas, a Nike também desenvolveu tecidos do gênero, chamados “dry-fit”.

Outro detalhe importante são as costuras. Quando você sabe que vai se mexer bastante, lembre-se, costuras podem friccionar a pele e deixar vergões. Ao mesmo tempo, é imperativo que a costura ou a lycra seja de boa qualidade, ou você corre o risco de abrir a lateral do sutiã logo no primeiro soco que acertar no saco de boxe. A especialidade da Scala são lingeries sem costura. Esse modelo, em especial, tem uma outra vantagem, o fecho frontal traz os seios para frente e deixa o decote bem empinadinho.

Enfim, sinto pelas Amazonas. Se fossem mulheres do século 21, seriam guerreiras de corpo, alma e peitoS…

Lingerie leveza

Posted in Resenhas with tags , , , , , , , , , , on 30/03/2010 by Nana en Lingerie

O blog está apenas começando e já recebi um pedido: resenhas. O prazer será todo meu, queria mesmo fazer umas comprinhas! Mas, antes mesmo de pegar as chaves do carro, chega um pacote do brandsclub.com na portaria. O site é uma web-store que negocia coleções passadas de várias marcas (a maioria de moda mas também cosméticos, eletrônicos, artigos para casa, etc…) organizando vendas relâmpagos com bons descontinhos. Quando eu vi o banner da Nu-Luxe, não pensei duas vezes, era o momento ideal para usar o bônus de 10 reais que tinha ganho de boas vindas.

Encomendei um conjunto fúcsia da coleção “State of Pleasures”, sutiã triângulo e calcinha tanga. Foi quase um mês entre o dia em que concluí o pedido e a entrega. Tinha até esquecido. Mas, quando abri o pacote, esqueci o site, o atraso, o passeio, e fui logo experimentar.

Simplesmente ADOOORO a NuLuxe. São produtos delicados que vestem bem a maioria das mulheres. Ainda assim é preciso considerar o seu bio-tipo para escolher o corte certo para você.

Esse conjunto em particular fica melhor em mulheres de seios pequenos ou médios, que não precisam de tanto suporte. A principal vantagem do triângulo é que ele valoriza o formato natural dos seios. Também é super confortável, especialmente um modelo de renda super fininha como esse. O forro do sutiã suaviza ligeiramente a saliência dos mamilos, sem ocultar por completo. Ou seja, se você for advogada e trabalhar em um escritório com forte ar condicionado, melhor evitar; a não ser que queira distrair a atenção de seus colegas de trabalho ;). A tanguinha, cujas laterais são de alça, é regulável. Mas cuidado, não deixe de prestar atenção na numeração. Quadris largos pedem tamanhos adequados ou o elastano pode marcar as gordurinhas. Como o forro cobre só o fundo da calcinha, frente e verso ficam ligeiramente transparentes, sexy sem exageros. Enfim, o conjunto é perfeito para quem quer conforto e sugestão.

Será difícil acharem exatamente o mesmo modelo, já que é de coleção passada, mas entre os lançamentos da NuLuxe com certeza teremos uma ou outra novidade similar. E, se não tivermos, sem problemas, é só eu achar as benditas chaves, para sair à procura da próxima resenha Só de Lingerie.