Archive for the Uncategorized Category

Receita para propaganda sem noção: misturar lingerie, adultério e Jesus

Posted in Papo Calcinha, Uncategorized with tags , , , , , on 23/03/2010 by Nana en Lingerie

Ainda não vi a nova coleção, talvez esteja incrível, tudo de bom, a coisa mais linda, sexy e delicada do universo. Mas precisava apelar a esse ponto?  A nova campanha da Duloren é polêmica. Até aí, nada de novo. Quantas marcas já não usaram e abusaram de slogans chocantes para chamar atenção. Mas dessa vez, sou obrigada a ser taxativa, acho que ficou sim de mau gosto.

O slogan novo, que já começou a aparecer em revistas e outros meios de comunicação é curto  “Só Jesus é fiel.” Qual a relação com lingerie? Bem, segundo a Duloren, que realizou uma pesquisa com 420 mulheres, entre 20 e 35 anos, 74% das mulheres já trocaram de parceiro “por causa de falta de carinho”.

Agora vejam o visual da campanha, uma mulher de lingerie falando ao telefone com o suposto amante, enquanto o marido ou namorado assiste televisão. A mensagem por trás? Se o seu homem não atende às suas necessidades, caia no adultério, contanto que seja usando Duloren.

Não vou atirar a primeira pedra em ninguém. Longe de mim tentar entender, apoiar ou reprovar, porque  mulheres (e homens) procuram amor, atenção, sexo fora de seus relacionamentos. O tema é complicado; envolve sentimentos, compromissos, expectativas, particularidades, erros e acertos únicos de casal para casal. Tampouco pretendo discutir sobre crenças e religiões. A (in)fidelidade, assim como Jesus Cristo, são assuntos sérios, ligados a valores extremamente importantes para um enorme número de pessoas. E eu, não saberia, nem gostaria, de ficar examinando o “X” dessas questões.

A única coisa que coloco em discussão é a declaração de Denise Areal, gerente de marketing da Duloren: as mulheres estão cada vez mais bonitas e, por isso, “correm atrás do que querem”.

Então, eu pergunto: Você quer um namorado ausente, tão viciado em futebol (ou qualquer outra coisa que passe na TV) que mal tenha tempo para apreciar como você ficou maravilhosa com sua nova lingerie? Quer ficar escondida atrás da porta ligando para outro homem porque seu namorado é um babaca? Você quer MESMO ser essa garota?

Desculpa, Denise, mas eu não.

Pegando onda só de lingerie

Posted in Papo Calcinha, Uncategorized with tags , , on 21/03/2010 by Nana en Lingerie

Desde ontem, estamos oficialmente no outono; mas, como vivemos em um país abençoado por Deus, em plena era do aquecimento global, continuamos gozando de sol e calor. Ora, nada melhor do que sol e calor na beira do mar com um coco gelado. O problema é que não há meios de ir para o litoral de São Paulo, sem dar de cara com algum conhecido. Sabendo disso, e como estou devendo uma visita a uma amiga do Guarú, resolvi dar uma passadinha no shopping à procura de uma saída de praia transada. Foi então que dei de cara com a coleção de inverno que o Herchcovitch assinou para a Rosa Chá. OMG OMG OMG!!!!!

Não pensem que é de hoje que eu acompanho o Alexandre Herchcovitch. Eu já gostava dele desde a época em que assumia o estilo da Cori. Ele tem um dom; em alfaiataria então, nem se fala. Mas quem diria que conseguiria transformar aqueles macacões de neoprene usados por surfistas em artigos delicados e femininos. Confira as fotos e, se tiver uma horinha vazia na agenda, vale a pena passar na loja e experimentar.

Lingerie Punk, fina e pontiaguda

Posted in Papo Calcinha, Uncategorized with tags , , , , , , on 19/03/2010 by Nana en Lingerie

Quem gosta da night de São Paulo não pode deixar de conhecer o Bar Secreto (Pinheiros); tão secreto que não se pode fotografar. O lugar, além de ser muito bem decorado; com uma mistura de pinturas antigas, candelabros, e outros detalhes mais pop como bolas espelhadas de discoteca; têm uma programação super eclética, incluindo desde noites de “Love Songs” e “Disco” até gritos de carnaval e shows do Massacration. Enfim, é um dos QGs da galerinha hype de Sampa.

Estava lá outro dia, bebericando um delicioso Apple Martini, quando vejo uma garota usando um corset preto, meia arrastão e um short curtíssimo. É claro que não se tratava de uma lingerie toda rendada, porque algo assim, no Secreto, seria visto como over, brega, too much. Ao contrário, ela fez uma produção que puxava um pouco para o burlesque e outro pouco para o punk.

Algumas mulheres, as mais românticas, pensam em lingerie como uma forma de realçar sua feminilidade, e talvez achem que lingerie punk se resume a peças de látex baratas expostas em vitrines de sex shop. Se esse é o seu caso, vou provar que é possível ser punk só de lingerie, sem pecar pelo mau gosto.

Veja a marca inglesa Agent Provocateur, criada pelo filho da estilista inglesa Vivienne Westwood, mãe do punk fashion style inglês. É, provavelmente, o label de lingerie fina mais transgressor do momento. Quando Kate Moss ainda era a garota propaganda da marca, a imagem e lifestyle da top ajudaram a criar campanhas emblemáticas.

Hoje, o contrato de Kate já terminou, mas a Agent Provocateur continua a surpreender com pelo menos uma ou duas novidades “dark” por coleção. É o caso do famoso Corset Heloise que não é só punk, é quase uma arma branca , com preçinho de matar: 4.900 $!!!

Alice no País das Maravilhas só de Lingerie

Posted in Papo Calcinha, Uncategorized with tags , , , , , , on 17/03/2010 by Nana en Lingerie

Senhor dos Anéis, elfos e anões; Harry Potter, bruxos e feiticeiros; Twilight, vampiros e lobisomens; sem falar dos piratas e outros seres fantásticos tipo Labirinto do Fauno. Foram muitos, mas nenhum deles causou tanto rebuliço no mundinho da moda quanto a Alice no País das Maravilhas. São inúmeros designers fazendo referências à estética do novo filme do Tim Burton.

Agora, também preciso comentar que o Burton não foi o primeiro a revisitar a fábula do Lewis. Se o coelho maluco estivesse aqui, estaria gritando na orelha do Tim “É tarde, é tarde, Annie Leibovitz fotografou um editorial pra Vogue US em pleno país das maravilhas há sete anos!”.


Claro que o Galliano tinha que ficar com o papel de Rainha de Copas assim como Viktor & Rolf não poderiam ser outros que não os excêntricos gêmeos Tweedle-dee e Tweedle-dum. Mas Marc Jacobs de lagarta?????

Enfim, felizmente esse coelho só enche o saco da Alice. Não é por que a Annie fez primeiro, que o Burton não podia fazer de novo. Além do mais, foi certamente o filme que levou Andrés Sardá, exímio estilista de lingeries espanhol, a criar uma coleção inspirada na Alice sem aquela cara de fantasia barata de sex shop.

Agradeço tanto à Annie, quanto ao Tim e ao Andrés. Ela desenterrou a idéia, ele fez um filme que promete… E o Andrés, vende aqui no Brasil?????

A lingerie faz a atitude ou a atitude faz a lingerie?

Posted in Papo Calcinha, Uncategorized with tags , , , , , , , , , , on 16/03/2010 by Nana en Lingerie

Quem gosta de lingerie sabe que ela é inseparável da atitude. Vestir uma lingerie bonita é, de uma certa forma, como injetar uma boa dose de malícia e feminilidade em toda sua atitude. Mas o inverso também é verdadeiro. É preciso de atitude para vestir certas peças. Por exemplo, no filme The Women traduzido para o português como Mulheres, O Sexo forte, as atrizes Eva Mendes e Meg Ryan estrelam uma cena perfeita para ilustrar a questão.

No filme, após descobrir que seu marido está tendo um caso com Eva, Meg Ryan se depara com a difícil situação de encontrar com a amante do marido em uma loja de lingerie. Durante a cena, ambas estão provando corpetes rendados, daqueles que valem ouro. Meg, com a ajuda de um bom discurso motivacional da amiga que a acompanhava nas compras, resolve encarar e tirar satisfação.

Quando aparecem juntas é fácil reconhecer qual das duas vestiu melhor. Algumas dirão “Claro, a Eva é muito mais gostosa.” Outras dirão que o preto emagrece. Mas na verdade, a personagem da Meg está em infinita desvantagem em termos de atitude. Dêem uma olhada mais próxima. Seus ombros estão curvados para frente, o que coloca os seios para baixo. Além disso, encaixa os quadris de tal forma que cria uma saliência na barriga que ela mal deve ter. Agora vejam a Eva. Olhem como a atitude dela acentua as curvas: costas arqueadas, seios para frente, bumbum empinadinho.

Tudo bem, não por isso ela leva a melhor. Mas o que quero dizer é que: você veste a lingerie, mas a lingerie também veste você. Se estiver no pior dos dias; com uma TPM daquelas; após ouvir uma piadinha infame de algum colega de escritório sobre o quanto você é descontrolada com chocolate; tendo chorado suas mágoas comendo sorvete do pote; com a maquiagem toda borrada; talvez não seja o melhor momento para colocar seu conjunto mais audacioso, ainda que seu gato tenha vindo até sua casa só para te dar colo. O efeito auto-confiança só funciona quando a sua energia permite que você o absorva. Se não, melhor dormirem de conchinha até o dia seguinte. Depois de uma boa noite de sono e uma bela ducha, você coloca o conjunto, os ombros para trás, o nariz, os seios e o bumbum para cima, e aí, sim, pode acordá-lo.

Vamos dominar o mundo só de lingerie

Posted in Papo Calcinha, Uncategorized with tags , , , , , , , , , , on 14/03/2010 by Nana en Lingerie

A revista People adora fazer listas: listas dos mais bonitos, mais ricos, e por aí vai. É claro que a festa do Oscar não podia ficar de fora. Entre as mulheres eleitas para “mais bem vestidas” estão a Miley Cirus  e a Sandra Bullock. 

 

Miley Cyrus de JENNIFER PACKHAM – Sanda Bullock de MARCHESA

Alguma dúvida sobre a relação com o mundo da lingerie?

Os desfiles que ocorreram recentemente durante as semanas de moda internacionais  também realçam a mesma tendência.

JULIEN MACDONALD – DOLCE & GABBANA – CHRISTIAN DIOR – FALL 10

O que devemos concluir? Acho que os grandes costureiros cansaram um pouco dos looks andróginos. O uso da lingerie como outerwear, é a volta da mulher. Ela pode ser punk rock, romântica ou até retrô, mas ele é feminina e tem uma boa dose de erotismo. A moda é cíclica – constatação óbvia. Mas não creiam que não há reflexão sobre que tipo de influências, passadas ou transversais merecem ser repaginadas.

Hoje a lingerie está presente em todo lugar, não só na moda. É uma tendência quase universal, que toca desde maquiagem e cosméticos até utensílios domésticos (vide a lava-roupas assinada pela famosa estilista de lingeries francesa Chantal Thomass).

  

DIOR MAKE UP SPRING COLLECTION 2010 – LAVA-ROUPAS C. THOMASS

Acho ótimo! Até porque esse tipo de troca-troca de referências ajuda a fomentar a indústria, e leva designers a pensarem em modos diferentes de tratar do mesmo assunto: ou seja mais e melhores novidades para quem, como eu, é viciada em lingerie!

Lingerie preta: in ou out?

Posted in Papo Calcinha, Uncategorized with tags , , , , , on 13/03/2010 by Nana en Lingerie

Chegou o dia: hoje tem show do Guns N’ Roses. Minhas amigas estão piradas. Não falam em outra coisa. Estou até com medo. Uma delas diz estar pronta para tirar a camiseta, só para ver se consegue uns dois segundos de eye contact com o Axl. Duvido. Mas que seria inesquecível, isso seria. Fico só imaginando a reação dele. Chocado, certamente não. Ele já deve ter visto coisas bem mais malucas. Aliás, o próprio Axl já fez shows de cueca. Ele adora boxers justinhas.

Será possível descobrir que tipo de lingerie o Axl prefere para uma mulher, em função daquilo que ele mesmo usa? Acho que não. E mais, acho que, no fundo, a lingerie nem é tão importante.

A pesquisa online feita pela Dr. Beckmann com 1.016 ingleses mostra que 47% dos entrevistados preferem lingerie preta, e 34% branca. A vermelha ficou em último lugar, 56% afirmando que até nude é preferível. Já o jornal inglês Daily Telegraph, chamou três representantes do sexo oposto para eleger o melhor dos looks abaixo; e concluiu que o preto está em baixa.

Na minha opinião, uma coisa é colocar um homem cara-a-cara com o pedido “Ordene com números de 1 a 10 as cores de lingerie que prefere para sua parceira.” Uma coisa é dar à um homem seis fotos e esperar até que ele dê uma nota para cada conjunto. Outra coisa, totalmente diferente, é colocá-lo frente a frente com uma mulher de verdade, só de lingerie. A lingerie faz diferença para gente; nós sabemos que tal conjunto tem uma renda de flores ou um detalhe na lateral da calcinha.

E mesmo que me digam que tenho que abdicar do preto, ou do vermelho, ou de qualquer outra cor, não aceito. Já chega precisarmos que usar determinadas roupas em tal ou qual situação social. Ninguém, nem mesmo o Axl Rose, vai me tirar o prazer de escolher minha própria lingerie. Agora, se me dessem de presente o que gostam, é outra estória…